Clique aqui para exibir SEUS banners nesta página e pague apenas pelo sucesso

associações . Breaking Travel News . Viagem de negócios . Destino . Notícias do Governo . Indústria Hoteleira . Itália . LGBTQ . Reuniões (MICE) . News . Turismo . Notícias de viagens

Turismo LGBT: positivo e poderoso

LR - Profa. Magda Antonioli e Sra. Jelinic - imagem cortesia de M.Mascuillo

O prefeito da cidade de Milão, Beppe Sala, abriu uma recente conferência sublinhando que este ano também a Itália recorda o trigésimo aniversário do gesto simbólico com o qual, em 27 de junho de 1992, dez casamentos LGBT foram celebrados na Piazza Della Scala, em Milão.

“Estamos falando de trinta anos atrás”, lembrou Sala, quando com um gesto simples, mas importante da mídia, um cidadão de Milão expressou o pensamento: “o amor deve prevalecer”. Disse o prefeito: “Obviamente, também estou interessado no assunto pragmaticamente – o turismo LGBT é fundamental para uma cidade como Milão”.

Cerca de 400 delegados de outras tantas empresas do setor de turismo (incluindo redes hoteleiras, parques temáticos, companhias aéreas) dos 80 países onde a associação está presente são esperados na 38ª Convenção Global Anual da IGLTA de 26 a 28 de outubro de 2022.

“Basta pensar na situação recente na Flórida, onde a atitude hostil em relação à comunidade LGBT fez com que a reputação e a atratividade desse estado recuassem. Mas, acima de tudo, é importante que a conferência de hoje e o Congresso Mundial de outubro próximo coloquem todos em condições de compreender e sentir que o amor deve prevalecer.

“Milão é a capital dos direitos e da comunidade LGBT. Esta cidade só continua a viver se o fizer com espírito de abertura”, concluiu o prefeito Sala.

A conselheira de turismo da cidade de Milão, Martina Riva, anunciou que a Prefeitura promoverá eventos em toda a cidade para tornar o evento ao vivo mesmo fora dos espaços de convenções, concebido apenas como um encontro “business to business” para profissionais.

A Agência Nacional de Turismo ENIT colocou o turismo LGBTQ+ no centro de suas políticas de promoção em todo o mundo.

Giorgio Palmucci, ENIT

“Há uma atenção crescente ao segmento de turismo LGBTQ, e os stakeholders buscam criar uma oferta específica”, declarou o presidente do ENIT, Giorgio Palmucci. “Por outro lado, a Itália era um destino para o turismo LGBTQ+ já no final do século XIX. Lugares como Capri, Taormina e Veneza, onde Mann ambientou A morte em Veneza, centraram-se no tema que deveu muito de seu sucesso turístico à tolerância com que acolheram os viajantes, assim como Nápoles, Roma e Florença que encontramos descrito nos diários de muitos viajantes LGBTQ+ da época. Para as empresas de turismo, temos a oportunidade de entrar em contato com outras realidades empreendedoras para trocar ideias, projetos e estabelecer sinergias e colaborações. É por isso que o ENIT promove o turismo LGBTQ+ juntando-se a iniciativas específicas – para dar à Itália a oportunidade de expandir e ajustar sazonalmente os fluxos de turismo e melhorar a imagem do país como uma nação acolhedora com foco no progresso aplicado ao turismo.”

Alessandra Priante, UNWTO – imagem cortesia de M.Masciullo

Alessandra Priante, UNWTO

O Diretor da Comissão Regional Europeia da Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas (UNWTO), Alessandra Priante, disse: “No UNWTO temos o prazer de ver que as comunidades em diferentes regiões do mundo estão cada vez mais receptivas a viajantes de todas as origens e identidades sexuais. O turismo está pronto para atuar como um catalisador para uma maior unidade e inclusão para todos. Como Jason Collins, o primeiro jogador da NBA a se identificar publicamente como gay, disse uma vez: 'A abertura pode não diminuir o preconceito, mas é um bom lugar para começar.'”

“Para exemplificar o valor econômico para uma cidade deste segmento de turismo, os dados de participação no Pride 2017 em Madri registraram 2 milhões de pessoas. Estamos falando de eventos que, em termos de números e economia derivada, superam os Jogos Olímpicos”, disse Priante. O Orgulho de Madri e o Desfile do Canal de Amsterdã se tornaram tão icônicos que agora atraem um público muito maior do que o originalmente pretendido.

LR – Sr. Virgili, Prefeito Sala, Sra. Martina Riva – imagem cortesia de M.Masciullo

Alessio Virgili, AITGL

A comunidade de viagens LGBT+ gasta mais do que a média – o estudo do Observatório AITGL apresentado aos Estados Gerais Europeus, resumindo numa frase. Os dados mostram que 12% dos viajantes na Europa são LGBT+ e geram um faturamento de 43 bilhões de dólares, abaixo dos 75 bilhões de 2019, mas inferior a outros segmentos turísticos no período da pandemia. A conferência antecipa a 38ª Convenção Global Anual da IGLTA do setor, que deveria ter ocorrido em Milão em 2020, para agora acontecer em outubro de 2022.

“A presença de 1.6 milhão de turistas LGBT na Itália (de 33 milhões de chegadas) em julho-setembro de 2021 teve uma estadia média de 5 noites e gastou 187 euros por dia gerando um faturamento de 1.4 bilhão de euros”, explicou Alessio Virgili, presidente da AITGL.

O Conselho Nacional Italiano de Turismo LGBTQ+ é o organizador do evento sob o alto patrocínio do Parlamento Europeu, do Município de Milão, Confindustria Federturismo e IGLTA.

O estudo do Observatório também mostra que 18.9% da renda anual dos turistas LGBT+ é inferior a 18,000 euros, 32% entre 18-35,000, 20.6% entre 36-58,000 e 10.5% entre 59-85,000 euros.

O destino dos sonhos é a Itália, que ocupa o sexto lugar entre os destinos que oferecem a melhor experiência turística LGBT+, depois de Espanha, Alemanha, Holanda, França e Grã-Bretanha.

Os turistas entrevistados apontam 3 aspectos fundamentais para a escolha da Itália: o nível de destino LGBT-friendly (50%), o nível de cuidado e limpeza (44.7%) e a facilidade de acesso a serviços médicos e de saúde (42%). Isso demonstra o quanto a pandemia influenciou as escolhas dos viajantes.

O turismo LGBTQ+ gera um impacto impressionante na economia de viagens, além de seu valor para inclusão e respeito às diversidades – estes são os resultados de uma pesquisa focada realizada pela GFK Eurisko-Sondersandbeach, revelando um faturamento de € 2.7 bilhões na Itália e mais de € 75 bilhões na Europa . A comunidade LGBTQ+ é uma formadora de tendências e líder de opinião com orçamentos substanciais, lealdade de longo prazo, propensão a 3-4 viagens de lazer de longa distância e 2-3 fins de semana por ano. Eles representam uma oportunidade de dessazonalização concreta para muitos destinos.

Antecipando a Convenção Global Anual da IGLTA sobre Turismo LGBTQ+ em Milão (outubro de 2022), a segunda vez na Europa em 38 anos, The General Estates pretende focar no “estado da arte deste mercado na Europa, considerando a União Europeia política de turismo sustentável e inclusivo e comparando as políticas adotadas pelos Conselhos Públicos de Turismo como amostra das políticas das Nações da UE, em Obras e com a realização de um manifesto compartilhado, a ser submetido à convenção internacional de Turismo LGBTQ+ e dirigido a instituições públicas/privadas de países da UE”, concluiu Alessio Virgili.

Sobre o autor

Mario Masciullo - eTN Itália

Mario é um veterano na indústria de viagens.
Sua experiência se estende por todo o mundo desde 1960, quando aos 21 anos começou a explorar o Japão, Hong Kong e Tailândia.
Mario viu o Turismo Mundial se desenvolver até hoje e testemunhou o
destruição da raiz / testemunho do passado de um bom número de países a favor da modernidade / progresso.
Durante os últimos 20 anos, a experiência de viagens de Mario se concentrou no sudeste da Ásia e, recentemente, no subcontinente indiano.

Parte da experiência de trabalho de Mário inclui múltiplas atividades na Aviação Civil
O campo foi concluído após a organização do início da atividade da Malaysia Singapore Airlines na Itália como um instituto e continuou por 16 anos no cargo de Gerente de Vendas / Marketing da Singapore Airlines após a divisão dos dois governos em outubro de 1972

A licença oficial de jornalista de Mario é concedida pela "Ordem Nacional dos Jornalistas, Roma, Itália em 1977.

Deixe um comentário

Compartilhar com...