News

Parque Nacional Akagera se tornará joint venture

6a00d8341bf67c53ef00e54f13ee438833-800wi
6a00d8341bf67c53ef00e54f13ee438833-800wi
Escrito por editor

As informações recebidas de Kigali na semana passada confirmam que o Conselho de Desenvolvimento de Ruanda - Turismo e Conservação, aparentemente entrou em um acordo de parceria com a Rede de Parques Africanos.

As informações recebidas de Kigali na semana passada confirmam que o Conselho de Desenvolvimento de Ruanda – Turismo e Conservação, aparentemente celebrou um acordo de parceria com a Rede de Parques Africanos para gerir conjuntamente o parque e angariar financiamento para novos desenvolvimentos de infraestruturas.

Desde que os problemas do Dubai World chegaram às manchetes da imprensa financeira, cresceu a preocupação de que seus planos para o Akagera não estivessem se concretizando, e a chegada do APN estava dando ao RDB outra opção para o parque.

A Dubai World deveria investir mais de US$ 250 milhões em Ruanda, mas isso, além de assumir um alojamento de safári em Ruhengeri, não se enraizou, e o desenvolvimento planejado do hotel com campo de golfe em Kigali parece ter sido arrebatado por um consórcio usando o Marriott Internacional como seus gerentes escolhidos.

O acordo recém-assinado para a cooperação de gerenciamento da Akagera se estenderá por um período inicial de 20 anos e pode ser estendido, se desejado. O acordo foi então aprovado pelo gabinete ruandês.

Notícias relacionadas

Sobre o autor

editor

A editora-chefe da eTurboNew é Linda Hohnholz. Ela está sediada na sede da eTN em Honolulu, Havaí.

Compartilhar com...