Clique aqui para exibir SEUS banners nesta página e pague apenas pelo sucesso

Companhias Aéreas . Aeroporto . Aviação . Breaking Travel News . Viagem de negócios . Notícias do Governo . News . Pessoas . Segurança . Turismo espacial . Turismo . Transportes . Notícias de viagens . TENDÊNCIA . EUA

FAA: 'Nenhum problema de segurança específico' encontrado na Blue Origin

FAA: 'Nenhum problema de segurança específico' encontrado na Blue Origin
FAA: 'Nenhum problema de segurança específico' encontrado na Blue Origin
Escrito por Harry johnson

Alexandra Abrams, a principal autora da denúncia, havia sido demitida do Blue Origin dois anos atrás "após repetidos avisos sobre questões envolvendo regulamentações federais de controle de exportação".

US Administração Federal de Aviação (FAA) anunciou que concluiu sua investigação sobre a empresa de voos espaciais comerciais Blue Origin.

De acordo com o regulador federal dos EUA, não encontrou "nenhum problema específico de segurança" com Amazon empresa espacial magnata e não tomaria nenhuma ação contra ela.

Em setembro passado, apenas dois meses depois de Bezos fazer um vôo espacial a bordo do sistema de foguetes New Shepard da Blue Origin, várias preocupações foram levantadas e tornadas públicas pela equipe da Blue Origin.

Vinte funcionários atuais e ex-funcionários da Blue Origin acusaram a empresa de uma série de delitos, desde sexismo no local de trabalho a danos ambientais, passando por ignorar os padrões de segurança.

“Vimos um padrão de tomada de decisão que muitas vezes prioriza a velocidade de execução e a redução de custos em relação aos recursos apropriados para garantir a qualidade”, escreveram os funcionários descontentes, alertando o FAA para lançar uma revisão do registro de segurança do Blue Origin.

No momento da reclamação, a Blue Origin disse que se mantinha “pelo nosso recorde de segurança e acredita que o New Shepard é o veículo espacial mais seguro já projetado ou construído”. 

Além disso, o porta-voz da Blue Origin disse que Alexandra Abrams, a principal autora da denúncia, foi demitida há dois anos "após repetidos avisos sobre questões envolvendo regulamentações federais de controle de exportação".

Notícias relacionadas

Sobre o autor

Harry johnson

Harry Johnson foi o editor de atribuição de eTurboNews por mais de 20 anos. Ele mora em Honolulu, Havaí, e é originário da Europa. Ele gosta de escrever e cobrir as notícias.

Deixe um comentário

Compartilhar com...