News

Dominica repatria cidadãos e planeja aliviar as restrições do COVID -19

Dominica repatria cidadãos e planeja aliviar as restrições do COVID -19
Dominica repatria cidadãos e planeja aliviar as restrições do COVID -19
Escrito por Harry S. Johnson

Dominica repatriará 119 cidadãos esta semana em meio a planos para facilitar ainda mais as restrições impostas para proteger a saúde pública e a segurança durante o COVID 19 pandemia. Este anúncio foi feito pelo Dr. Irving McIntyre Ministro da Saúde, Bem-Estar e Novos Investimentos em Saúde em uma coletiva de imprensa em 5 de junho de 2020. O Ministro informou à nação que os planos para facilitar ainda mais as restrições seriam anunciados na próxima semana, já que não havia evidência de disseminação do coronavírus pela comunidade. Os dominicanos puderam ver a flexibilização do toque de recolher, a reabertura de empresas adicionais e o retorno ao horário normal de trabalho dos funcionários públicos. O Dr. McIntyre, entretanto, alertou os dominicanos a permanecerem focados e a praticar a lavagem adequada das mãos, uso de máscaras faciais, distanciamento físico e boa etiqueta respiratória.

O Dr. McIntyre informou ao país que dezenove trabalhadores da Royal Caribbean Cruise Line seriam repatriados em 8 de junho de 2020 e levados para a instalação de quarentena obrigatória do governo por 14 dias. Ministro da Educação, Planeamento de Recursos Humanos, Formação Profissional e Excelência Nacional, Exmo. Octavia Alfred também confirmou que 100 estudantes dominicanos voltariam para casa em dois voos da Silver Airways com autorização para pousar na Dominica em 9 de junho de 2020. Os estudantes que retornarem serão examinados, testados para COVID-19 e submetidos a uma quarentena obrigatória de 14 dias no governo instalações em quarentena. Os alunos adicionais serão repatriados em 24 de junho de 2020, no final do ciclo de quarentena para o primeiro grupo de alunos.

O Epidemiologista Nacional (Ag) Dr. Shalauddin Ahmed reconfirmou que o número total de casos COVID-19 na Dominica permanece em 18. Os dois novos casos foram de trabalhadores de navios de cruzeiro que foram repatriados para Dominica em maio. Ambos têm trinta e poucos anos, são assintomáticos, não apresentam problemas de saúde subjacentes e estão isolados no centro COVID-19 do Hospital da Amizade na Dominica China. O Dr. Ahmed também informou ao público que a triagem comunitária do Ministério da Saúde para COVID -19 foi concluída em 4 de junho de 2020 com um total de 618 domicílios triados. Isso se traduz em 1086 membros da família testados para anticorpos COVID-19 usando os kits de teste rápido. De acordo com o Dr. Ahmed, dois participantes foram reativos aos testes rápidos, porém os testes de PCR subsequentes foram negativos. Os testes COVID-19 estão atualmente sendo realizados para profissionais de saúde, nacionais de retorno e casos suspeitos. O Departamento de Saúde Ambiental está atualmente monitorando empresas e outros estabelecimentos regularmente para garantir que os protocolos de saúde e segurança para COVID 19 estão sendo seguidos. As empresas que cumprem os protocolos do Ministério da Saúde recebem um certificado aprovado pelo Departamento de Saúde Ambiental.

#reconstruindoviagens

Notícias relacionadas

Sobre o autor

Harry S. Johnson

Harry S. Johnson trabalha na indústria de viagens há 20 anos. Ele começou sua carreira em viagens como comissário de bordo da Alitalia e, hoje, trabalha para o TravelNewsGroup como editor há 8 anos. Harry é um viajante ávido por todo o mundo.

Compartilhar com...