Últimas notícias internacionais . Breaking Travel News . Viagem de negócios . Notícias do Governo . Notícias de Saúde . Indústria Hoteleira . Direitos humanos . Notícias . Pessoas . Responsável . Segurança . Turismo . Transportes . Notícias de viagens . Notícias de última hora nos EUA

OMS alerta sobre novos surtos, EUA excluem bloqueio

OMS alerta sobre novos surtos, EUA excluem bloqueio
OMS alerta sobre novos surtos, EUA excluem bloqueio
Escrito por Harry johnson

O presidente dos Estados Unidos frisou que ainda demorará algumas semanas para comprovar a eficácia dos imunizantes disponíveis contra o Ômicron.

Imprimir amigável, PDF e e-mail

O Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou hoje que a variante Ômicron do novo coronavírus representa um alto risco de novos surtos de infecção.

QUEM alertou os 194 países membros que a possibilidade de um novo surto poderia ter consequências graves, mas observou que nenhuma morte foi relatada até o momento como resultado da nova cepa.

O presidente dos EUA, Joe Biden, disse em um discurso no a Casa Branca que a nova variante é motivo de preocupação, mas não de pânico. Segundo Biden, a variante chegará a solo americano mais cedo ou mais tarde; portanto, a melhor abordagem no momento é a vacinação.

Na próxima quinta-feira, a a Casa Branca, a sede do governo dos Estados Unidos, lançará uma nova estratégia para lidar com a pandemia e suas variantes durante o inverno. Joe Biden disse que o plano não incluirá novas ações que restrinjam a circulação de pessoas ou contenham aglomerações. “Se as pessoas forem vacinadas e usarem máscaras, não há necessidade de um novo bloqueio [confinamento]”, disse ele.

O presidente frisou, no entanto, que ainda vai demorar algumas semanas para se comprovar a eficácia dos imunizantes disponíveis contra o Ômicron.

O especialista em saúde Anthony Fauci, conselheiro do governo para ações contra a pandemia, disse que o país "está obviamente em alerta vermelho". “É inevitável que se espalhe amplamente”, disse ele em entrevista a uma rede de televisão no último sábado.

De acordo com as projeções de QUEM e agências internacionais de saúde, o número de casos da variante Ômicron deve ultrapassar 10,000 nesta semana, em comparação com 300 registros feitos na semana passada, informou o professor Salim Abdool Karim, especialista em doenças infecciosas que trabalha no combate à pandemia no governo do sul. Africano.

O presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, denunciou nas redes sociais o que chamou de abordagem “injustificada e não científica” do país. Para Ramaphosa, o fechamento de fronteiras e a proibição de voos de países do sul da África fere profundamente as economias que dependem do turismo, além de ser “uma espécie de punição para a capacidade científica de detectar novas variantes”.

O presidente da África do Sul pediu às autoridades internacionais que não estabeleçam restrições aos voos para a região.

Imprimir amigável, PDF e e-mail

Sobre o autor

Harry johnson

Harry Johnson foi o editor de atribuição de eTurboNews por quase 20 anos. Ele mora em Honolulu, Havaí, e é originário da Europa. Ele gosta de escrever e cobrir notícias.

Deixe um comentário