24/7 eTV BreakingNewsShow : Clique no botão de volume (parte inferior esquerda da tela do vídeo)
Conselho de Turismo Africano . Breaking International News . Breaking Travel News . Viagem de negócios . Notícias do Governo . Notícias de Saúde . Notícias . Reconstruindo . Responsável . Segurança . Turismo . Atualização de destino de viagem . Travel Wire News . Diversas Notícias

Mortes no COVID-19 na África aumentam acentuadamente

Mortes no COVID-19 na África aumentam acentuadamente
Mortes no COVID-19 na África aumentam acentuadamente
Escrito por Harry johnson

Os sistemas de saúde com poucos recursos nos países africanos estão enfrentando uma terrível escassez de profissionais de saúde, suprimentos, equipamentos e infraestrutura necessários para fornecer cuidados aos pacientes com COVID-19 gravemente enfermos.

Imprimir amigável, PDF e e-mail
  • As mortes de COVID-19 aumentaram mais de 40 por cento na semana passada, chegando a 6,273, ou quase 1,900 a mais que na semana anterior.
  • A maioria das mortes recentes, ou 83 por cento, ocorreu na Namíbia, África do Sul, Tunísia, Uganda e Zâmbia.
  • Os países africanos enfrentam escassez de oxigênio e leitos de terapia intensiva.

As fatalidades estão aumentando à medida que as internações hospitalares aumentam rapidamente enquanto os países africanos enfrentam escassez de oxigênio e leitos de terapia intensiva.

As mortes de COVID-19 aumentaram mais de 40 por cento na semana passada, chegando a 6,273, ou quase 1,900 a mais que na semana anterior.

O número é tímido do pico de 6,294, registrado em janeiro.

Alcançando o 'ponto de ruptura'

“As mortes aumentaram vertiginosamente nas últimas cinco semanas. Este é um claro sinal de alerta de que os hospitais nos países mais afetados estão chegando a um ponto de ruptura ”, disse o Dr. Matshidiso Moeti, Organização Mundial de Saúde (OMS) Diretor Regional para a África. 

“Os sistemas de saúde com poucos recursos nos países africanos estão enfrentando uma terrível escassez de profissionais de saúde, suprimentos, equipamentos e infraestrutura necessários para fornecer cuidados a pacientes com COVID-19 gravemente enfermos.”

ÁfricaA taxa de letalidade, que é a proporção de mortes entre os casos confirmados, é de 2.6% em comparação com a média global de 2.2%. 

A maioria das mortes recentes, ou 83 por cento, ocorreu na Namíbia, África do Sul, Tunísia, Uganda e Zâmbia.

Imprimir amigável, PDF e e-mail

Sobre o autor

Harry johnson

Harry Johnson foi o editor de atribuição de eTurboNews por quase 20 anos.
Harry mora em Honolulu, Havaí e é originário da Europa.
Ele adora escrever e tem trabalhado como editor de tarefas para eTurboNews.

Deixe um comentário