24/7 eTV BreakingNewsShow : Clique no botão de volume (parte inferior esquerda da tela do vídeo)
Breaking International News . Breaking Travel News . Viagem de negócios . Notícias do Governo . Notícias de Saúde . Notícias . Pessoas . Reconstruindo . Responsável . Segurança . Turismo . Travel Wire News . Diversas Notícias

Chefe da OMS: COVID-19 Global Third Wave está aqui

Chefe da OMS: COVID-19 Global Third Wave está aqui
Diretor-Geral da Organização Mundial da Saúde Tedros Adhanom Ghebreyesus
Escrito por Harry johnson

A variante Delta está agora em mais de 111 países, então a OMS espera que em breve seja a cepa COVID-19 dominante em circulação no mundo todo, se ainda não for.

Imprimir amigável, PDF e e-mail
  • Na semana passada, os casos de COVID-19 aumentaram globalmente e as mortes começaram a aumentar novamente.
  • O chefe da OMS atingiu uma disparidade chocante na distribuição global de vacinas.
  • A falta de acesso a vacinas deixa a maior parte da população mundial “à mercê do vírus”.

A cabeça do Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou hoje que o mundo está atualmente nos estágios iniciais de uma terceira onda de COVID-19.

O Diretor-Geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse em seu discurso de abertura na 8ª reunião do Comitê de Emergência do RSI sobre COVID-19 que na semana passada os casos de COVID-19 estavam aumentando globalmente e as mortes começaram a aumentar novamente. 

“Estamos agora nos estágios iniciais de uma terceira onda”, disse Ghebreyesus.

Além disso, “as mortes estão aumentando novamente” após 10 semanas de declínio, acrescentou. “A variante Delta é um dos principais impulsionadores do atual aumento da transmissão, impulsionado pelo aumento da mistura e mobilidade social e pelo uso inconsistente de medidas sociais e de saúde pública comprovadas”, afirmou.

De acordo com Ghebreyesus, “a variante Delta está agora em mais de 111 países”, então a OMS espera que “em breve seja a cepa COVID-19 dominante em circulação em todo o mundo, se é que ainda não é”.

O QUEM cabeça bateu “uma disparidade chocante na distribuição global de vacinas”. Enquanto isso, a falta de acesso às vacinas deixa grande parte da população mundial “à mercê do vírus”, disse o diretor-geral da OMS, lembrando que “muitos países ainda não receberam vacinas e muitos não receberam o suficiente”.

Imprimir amigável, PDF e e-mail

Sobre o autor

Harry johnson

Harry Johnson foi o editor de atribuição de eTurboNews por quase 20 anos.
Harry mora em Honolulu, Havaí e é originário da Europa.
Ele adora escrever e tem trabalhado como editor de tarefas para eTurboNews.

Deixe um comentário