24/7 eTV BreakingNewsShow : Clique no botão de volume (parte inferior esquerda da tela do vídeo)
Conselho de Turismo Africano . Breaking International News . Breaking Travel News . Viagem de negócios . Notícias do Governo . Notícias de Saúde . Notícias . Responsável . Turismo . Travel Wire News . Diversas Notícias

UNICEF fornecerá à União Africana 220 milhões de doses da vacina J&J COVID-19

UNICEF fornecerá à União Africana 220 milhões de doses da vacina J&J COVID-19
UNICEF fornecerá à União Africana 220 milhões de doses da vacina J&J COVID-19
Escrito por Harry johnson

O acordo entre o UNICEF e a Janssen Pharmaceutica NV ajudará a implementar o Compromisso de Compra Antecipada (APC) assinado entre o African Vaccine Acquisition Trust (AVAT) e a Janssen em março deste ano.

Imprimir amigável, PDF e e-mail
  • A Janssen Pharmaceutica NV fornecerá até 220 milhões de doses da vacina de dose única da J&J para todos os 55 Estados Membros da União Africana até o final de 2022.
  • O acordo garantiu a opção de encomenda de mais 180 milhões de doses, elevando o acesso máximo para um total de 400 milhões de doses até o final de 2022. 
  • A vacina COVID-19 da Janssen recebeu uma listagem de uso de emergência da OMS em 12 de março e está contando com uma rede de fornecimento global para produzir a vacina.

UNICEF assinou acordo com Janssen Pharmaceutica NV fornecer até 220 milhões de doses da vacina de dose única J&J para todos os 55 Estados Membros da União Africana (UA) até o final de 2022. Cerca de 35 milhões de doses devem ser entregues até o final deste ano.

O acordo entre UNICEF e a Janssen Pharmaceutica NV ajudará a implementar o Compromisso de Compra Antecipada (APC) assinado entre o African Vaccine Acquisition Trust (AVAT) e a Janssen em março deste ano. Esse acordo garantiu a opção de encomenda de mais 180 milhões de doses, elevando o acesso máximo a um total de 400 milhões de doses até o final de 2022. 

A União Africana estabeleceu a AVAT em novembro de 2020 para fornecer vacinas COVID-19 ao continente africano, com o objetivo de vacinar 60 por cento da população de cada país da UA. De acordo com o plano, o Banco Africano de Exportação e Importação (Afreximbank) e a AVAT assinaram um acordo de cooperação em nome da UA para o desenvolvimento de um Quadro de Compromisso Antecipado de Aquisições (APC) para apoiar o acesso dos Estados Membros às vacinas COVID-19. O UNICEF irá adquirir e entregar vacinas COVID-19 em nome da iniciativa AVAT. Outros parceiros incluem os Centros Africanos para o Controle e Prevenção de Doenças (Africa CDC) e o Banco Mundial. Embora várias vacinas devam fazer parte do portfólio da iniciativa, a vacina de dose única da Janssen é a primeira a ser incluída.

“Os países africanos devem ter acesso acessível e equitativo às vacinas COVID-19 o mais rápido possível. O acesso à vacina tem sido desigual e injusto, com menos de 1 por cento da população do continente africano atualmente vacinada contra COVID-19. Isso não pode continuar ”, disse a Diretora Executiva do UNICEF, Henrietta Fore. “O UNICEF, com sua longa história de distribuição de vacinas em todo o mundo, está apoiando os esforços globais de vacinação COVID-19 por meio de AVAT, COVAX e outros canais para maximizar o fornecimento e o acesso às vacinas.”

Com base em décadas de experiência como o maior comprador individual de vacinas do mundo, assim como o faz anualmente para imunização de rotina, o UNICEF está atuando como uma agência de compras e logística em nome da parceria AVAT. O UNICEF está pronto para facilitar a aquisição, transporte e entrega de vacinas assim que estiverem disponíveis e os Estados Membros da UA estiverem prontos para recebê-las. Com sua extensa capacidade e décadas de experiência em gerenciamento de frete, seguro e transporte de vacinas que exigem o cumprimento estrito dos requisitos da cadeia de frio, o UNICEF trabalhará com a indústria de vacinas, agentes de carga e empresas de transporte para levar as doses às comunidades que delas precisam.

Imprimir amigável, PDF e e-mail

Sobre o autor

Harry johnson

Harry Johnson foi o editor de atribuição de eTurboNews por quase 20 anos.
Harry mora em Honolulu, Havaí e é originário da Europa.
Ele adora escrever e tem trabalhado como editor de tarefas para eTurboNews.