A Autoridade de Aviação Civil de Uganda atualiza os procedimentos operacionais padrão COVID-19

Leia-nos | Nos escute | Assista-nos |Eventos | Inscreva-se | Nossa mídia social|


Afrikaans Afrikaans Albanian Albanian Amharic Amharic Arabic Arabic Armenian Armenian Azerbaijani Azerbaijani Basque Basque Belarusian Belarusian Bengali Bengali Bosnian Bosnian Bulgarian Bulgarian Cebuano Cebuano Chichewa Chichewa Chinese (Simplified) Chinese (Simplified) Corsican Corsican Croatian Croatian Czech Czech Dutch Dutch English English Esperanto Esperanto Estonian Estonian Filipino Filipino Finnish Finnish French French Frisian Frisian Galician Galician Georgian Georgian German German Greek Greek Gujarati Gujarati Haitian Creole Haitian Creole Hausa Hausa Hawaiian Hawaiian Hebrew Hebrew Hindi Hindi Hmong Hmong Hungarian Hungarian Icelandic Icelandic Igbo Igbo Indonesian Indonesian Italian Italian Japanese Japanese Javanese Javanese Kannada Kannada Kazakh Kazakh Khmer Khmer Korean Korean Kurdish (Kurmanji) Kurdish (Kurmanji) Kyrgyz Kyrgyz Lao Lao Latin Latin Latvian Latvian Lithuanian Lithuanian Luxembourgish Luxembourgish Macedonian Macedonian Malagasy Malagasy Malay Malay Malayalam Malayalam Maltese Maltese Maori Maori Marathi Marathi Mongolian Mongolian Myanmar (Burmese) Myanmar (Burmese) Nepali Nepali Norwegian Norwegian Pashto Pashto Persian Persian Polish Polish Portuguese Portuguese Punjabi Punjabi Romanian Romanian Russian Russian Samoan Samoan Scottish Gaelic Scottish Gaelic Serbian Serbian Sesotho Sesotho Shona Shona Sindhi Sindhi Sinhala Sinhala Slovak Slovak Slovenian Slovenian Somali Somali Spanish Spanish Sudanese Sudanese Swahili Swahili Swedish Swedish Tajik Tajik Tamil Tamil Thai Thai Turkish Turkish Ukrainian Ukrainian Urdu Urdu Uzbek Uzbek Vietnamese Vietnamese Xhosa Xhosa Yiddish Yiddish Zulu Zulu
A Autoridade de Aviação Civil de Uganda atualiza os procedimentos operacionais padrão COVID-19
A Autoridade de Aviação Civil de Uganda atualiza os procedimentos operacionais padrão COVID-19

Autoridade de Aviação Civil de Uganda (UCAA) revisou os Procedimentos Operacionais Padrão (SOP) da COVID-19 seguindo o aumento no tráfego de passageiros acessando o Aeroporto Internacional de Entebbe desde sua reabertura em 1º de outubro após o bloqueio no final de março de 2020.

O aviso emitido pela Administração contém as seguintes diretrizes:

A partir de dezembro de 2020, os passageiros que partem e chegam só serão deixados e retirados do aeroporto por no máximo duas pessoas, incluindo o motorista do veículo, a fim de evitar aglomeração desnecessária no aeroporto. Veículos com mais pessoas do que o número autorizado não terão acesso ao aeroporto.

Os passageiros que partem também devem ter um certificado COVID-19 de Reação em Cadeia Polimérica (PCR) autêntico e válido, emitido dentro de 120 horas a partir do momento da coleta da amostra até o momento do embarque na aeronave, mesmo que o país para o qual o passageiro esteja viajando não exigir isso. Caso o destino para o qual o passageiro esteja viajando requeira um certificado em menos de 120 horas, o número de horas exigido pelo país de destino terá prioridade. O certificado de PCR deve ser acompanhado de um recibo do centro / laboratório de teste.

Os passageiros que chegam também devem ter um certificado de teste de PCR COVID-19 negativo autêntico e válido de um laboratório credenciado no país de origem, emitido no prazo de 120 horas a partir do momento da coleta da amostra até o momento do embarque da aeronave que deixa o país de origem.

A última atualização segue diretiva inicial emitida pela UCAA em outubro antes da retomada dos voos internacionais.

Desde então, o país testemunhou um aumento nos casos de COVID-19, totalizando 30,071, com 10,251 recuperações e 230 mortes. 

Imprimir amigável, PDF e e-mail
>